Pelotas vence Aimoré e encaminha classificação

Com gol de pênalti no último minuto de jogo, Wélder garante o 1 a 0 para o Lobo

No sufoco. Com direito à polêmica e confusão, o Pelotas venceu o Aimoré por 1 a o na Boca do Lobo. Em uma noite fria de quarta-feira em Pelotas, o Lobo não demonstrou um bom futebol, sendo envolvido completamente pelo Índio Capilé, que não foi eficaz nas suas chances criadas, parando em Matheus Claus. O Áureo-Cerúleo até assustava quando chegava esporadicamente à frente, mas pecava na finalização também, sendo salvo apenas por uma marcação de pênalti polêmica aos 49 minutos do segundo tempo. Mesmo com muita reclamação do Aimoré, Wélder não se abalou e decretou a vitória do Pelotas.

Com os três pontos o Lobo passou pelo Índio Capilé e agora ocupa a segunda colocação na chave A da Divisão de Acesso. Na segunda-feira o Pelotas enfrenta o Gaurani-VA na Boca do Lobo. Com uma vitória, a classificação fica na mão do Áureo-Cerúleo, que disputa a última rodada fora de casa contra o líder Avenida.

Wélder comemora o gol da vitória com a torcida (Foto: Tales Leal/ AI ECP)

O jogo:

No primeiro tempo, tanto Aimoré quanto Pelotas não conseguiam criar muitas chances. A única jogada constante do Lobo eram cruzamentos de Canhoto e Daniel Carvalho em bolas paradas, mas todas foram afastadas pela zaga do time de São Leopoldo. No lance mais polêmico da etapa inicial, Daniel Carvalho lançou Wélder na área e na dividida, o atacante do Pelotas caiu. Os comandados de Mabília reclamaram um pênalti no lance, mas o homem do apito mandou seguir o lance.

Na segunda etapa foi diferente. O Aimoré voltou mais ligado e ativo. Incontáveis foram as bolas lançadas na área do Pelotas, ou passes em profundidade para os atacantes do Índio. Em todas, o Lobo se safou. Mateus Claus interviu bem e garantiu com que o placar não fosse mudado. O Pelotas tentava, desorganizadamente, chegar ao gol. No finalzinho, Fábio Rosa quase ampliou, quando seu chute foi desviado pela zaga mas caiu nas mãos do arqueiro do Índio. Parecia que o gol ia ficar pra próxima partida. Foi então que Giovane chegou antes na dividida e adiantou a bola em direção a área. No choque, o árbitro Giovane Silva marcou a penalidade máxima. Mesmo com muita reclamação da equipe adversária, com direito à expulsões de Élton, Faísca e MArco Antonio, Wélder não se deixpu abalar e converteu a cobrança, dando números finais ao jogo e decretando a vitória do Lobo.

Ficha Técnica:

Pelotas:
Mateus Claus; Darlem, Heitor, Dante, Vinícius Silva; Artur (Fábio Rosa), Arílson, Leandro Canhoto (Giovane), Daniel Carvalho; Welder e Douglas Mineiro (Vinícius Martins)
Técnico Mabília

Aimoré: Nicolas; Diego Superti, André, Gullit, Faísca; Digaô (Renato Saldanha), Élton, Gregory; Diogo (Irapuan Jr), Tiago Correa (Patric) e Marco Antônio
Técnico Claiton

CARTÕES AMARELOS: Dante, Mateus Claus e Vinícius Silva(PEL); André, Élton, Faísca, Gregory e Irapuan Jr(AIM)

CARTÕES VERMELHOS: Faísca, Élton e Marco Antônio(AIM)

Arbitragem: Giovane Silva, auxiliado por Marcos de Moraes e Igor Balke

Deixe seu comentário