Nos bastidores, nome de Carlos Moraes é o mais forte para assumir o Pelotas

O Pelotas precisa de um novo treinador para a disputa da Copa FGF e o nome que ganhou força nos bastidores do clube é de Carlos Moraes. No momento, ele é o preferido da diretoria para comandar o Lobo nas competições do segundo semestre e também a Divisão de Acesso 2018. Contatos estão sendo feitos e o anúncio pode ocorrer em breve.

Moraes treinou o Pelotas em 2013, no Campeonato Gaúcho, dando sequência ao trabalho de Beto Almeida. Em cinco jogos, foram três vitórias e duas derrotas, não o suficiente para a classificação. Na Divisão de Acesso, o técnico iniciou a campanha do Glória, campeão em 2015, e levou o Brasil de Farroupilha ao quadrangular final em 2016.

Também na lista da direção áureo-cerúlea estão outros dois nomes. Um deles é Leocir Dallastra, considerado por Manuel Nunes, diretor de futebol do Lobo, um “sonho de consumo, porém inviável financeiramente”. Em entrevista à Rádio Universidade, Leocir também considerou o Pelotas um objetivo na sua carreira, entretanto, ele aguarda o desfecho de uma negociação com um clube do Paraná para definir seu futuro.

Outro nome é Thiago Gomes, 32 anos. Nos profissionais, o jovem técnico comandou o São José na Copa FGF 2015 e Sport Recife, após a saída de Falcão. Ele também passou pela base de Fluminense, Atlético-PR, Corinthians e Internacional.

Copa FGF 2017

Ocorre na próxima segunda-feira (10), o Congresso Técnico da Supercopa Gaúcha 2017, na sede da Federação Gaúcha de Futebol. Até o momento, 16 equipes confirmaram participação na competição, cujo o início é previsto para o mês de Agosto.

Deixe seu comentário