Juventude perde invencibilidade fora de casa

Foto: Lucas Moraes/cearasc.com

O Juventude não teve uma noite feliz e, neste sábado (15/07), foi derrotado pelo Ceará por 2×0, na Arena Castelão, em Fortaleza. Com dois gols sofridos de forma rápida, aos 6 e aos 7 minutos do primeiro tempo, o Ju termina a rodada na segunda colocação da Série B, com 26 pontos, empatado com o líder Guarani.

O jogo

O técnico Gilmar Dal Pozzo repetiu a escalação pela terceira vez seguida: Matheus, Tinga, Micael, Ruan e Collaço; Fahel, Diego Felipe e Wallacer; Juninho, Ramon e Tiago Marques. A equipe mandante iniciou a partida ligada e abriu vantagem no início.

Aos cinco, o Ceará chegou ao gol após escanteio. O zagueiro Valdo acertou um belo chute, sem chances par Matheus. 0x1. No minuto seguinte, o segundo. Élton finalizou alto depois de cruzamento. 0x2. Os dois gols sofridos obrigaram o time alviverde a buscar mais o ataque e as chances apareceram. Aos 18, Tiago Marques chutou de fora da área, para fora. Aos 25, Tiago fez boa jogada pela direita e cruzou para Wallacer, que teve o chute bloqueado. No ataque seguinte, Ramon rolou e Tiago Marques finalizou de esquerda, pelo lado.

Na reta final da primeira etapa, o Ju quase chegou ao gol. Aos 38, Collaço cruzou e Tiago Marques cabeceou bem, mas rente ao travessão. No último lance, Juninho fez bela jogada pela direita e chutou cruzado. A zaga do Ceará desviou contra a própria meta e a bola bateu na trave e no travessão antes de sair. Foi o último lance antes do término do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Ju começou no ataque. Aos 2, Ramon completou rebote de escanteio com força, mas por cima. Aos 5, Wallacer cruzou e Juninho finalizou para defesa do goleiro. Dez minutos depois, Tinga cruzou e Tiago Marques cabeceou para fora. Aos 25, Wesley Natã completou outro cruzamento de Tinga com a cabeça, mas a bola tirou tinta da trave. O Ceará manteve-se fechado e explorou os contra-ataques até o final da partida, mantendo o resultado.

“Não tivemos um bom desempenho no jogo de hoje e faltou concentração principalmente nos primeiros minutos, quando o placar acabou sendo construído pelo adversário. Até conseguimos equilibrar ainda no primeiro tempo, mas pagamos o preço de ter sofrido os gols logo no início. Não é o resultado que queríamos, logicamente, mas precisamos seguir trabalhando com pegada, com muita vontade, porque na terça já temos um compromisso muito difícil contra o CRB”, explicou o técnico Gilmar Dal Pozzo.

Na próxima terça-feira, o Juventude volta para o Jaconi, onde enfrenta o CRB, em partida marcada para as 19h15min.

Assessoria Juventude

Deixe seu comentário