Conheça a representante Grená à Glamour Girl 2017

No próximo sábado (15) acontece o baile de escolha da Glamour Girl Caxias do Sul, um evento em prol da solidariedade e onde conheceremos a sucessora de Gabriela Radaelli Schio que continuará o lindo trabalho frente a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Caxias do Sul. E nada melhor se a escolhida estiver representando as cores Grená, azul e branco nesse concurso.

Por isso durante esse pré- concurso o Rosa Grená conversou com a candidata Grená ao título Júlia Rigotto Novello, venha conhecer um pouco mais sobre ela e ler o nosso bate-papo.

Júlia tem 17 anos, e está cursando o 2º ano do Ensino Médio no Colégio La Salle Carmo. Filha de Andrelise Rigotto e Luis Felipe Novello.

  • Como começou a torcer pelo Caxias?

Minha paixão pelo Caxias começou bem cedo, desde pequena comecei a frequentar o Centenário e assistir aos jogos na companhia de meu pai, que foi um grande incentivador. Tenho muito orgulho do clube e sinto-me imensamente feliz por estar o representando socialmente. O que eu mais gosto é ir aos jogos, e minha primeira recordação marcante foi o momento em que entrei em campo com os jogadores, pela primeira vez.

  • Qual a sua maior lembrança com o Caxias?

Minha maior lembrança, entre tantas, foi o Gauchão de 2012. Era dia das mães e o jogo aconteceu no Beira Rio. Éramos somente em três (eu, meu pai e meu irmão) e fomos deixados pelo meu tio (colorado) em frente ao estádio, que estava rodeado de torcedores colorados, assim fomos acompanhados pelo segurança até a entrada da torcida visitante, e as vaias eram clássicas, mas tudo deu certo e por muito pouco não conquistamos mais um campeonato.

  • O que te motiva a representar o Caxias em um concurso de beleza e social?

O que mais me motiva é ver um Clube como o Caxias, apoiar uma causa tão nobre, que exige uma grande responsabilidade social, e muito mais importante que a beleza a ação beneficente que estamos realizando é uma fonte de gratidão. Os valores que carrego comigo e que julgo importantes, como a coragem, a empatia, o respeito, ajuda ao próximo e a gratidão, somados nos fazem mais humanos. A pouco mais de um ano, passei por um momento muito delicado o que me fez perceber o quanto um simples sorriso de alguém, que muitas vezes nem conhecemos, nos fazem mais alegres e nos ensinam a não perder a esperança.

  • O que é trabalho social para você?

Pensar e promover a mudança na sociedade e a capacidade das pessoas de forma a terem o seu bem estar, isso é trabalho social que pode ser desenvolvido pelo voluntariado. Acredito que auxiliar a quem for sem ter a necessidade e a busca de um reconhecimento é promover bem estar.

  • Que recado você gostaria de mandar para a torcida grená?

Gostaria de dizer que estou dando o meu melhor, representando o Clube e a torcida com responsabilidade, orgulho e respeito neste evento de solidariedade às pessoas atendidas pela Liga, levando sempre carinho, amor e esperança, e sabendo que a torcida também torce pela vitória destas pessoas. E que independentemente dos resultados continuarei, assim como o Clube, apoiando a Liga e seguindo esse caminho iluminado e tão necessário para a sociedade, como é o voluntariado.

Deixe seu comentário