Brasil já enfrentou um time que mandava seus jogos na cidade de Barueri

Nesta terça-feira, dia 11 de julho, o Brasil voltará ao Bento Freitas pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B de 2017. O adversário será o Oeste, clube que nasceu na cidade de Itápolis, região de São José do Rio Preto, interior do estado de São Paulo, mas que atualmente manda seus jogos em Barueri, localizada na região metropolitana da capital paulista.

Na história dos campeonatos brasileiros, Brasil e Oeste enfrentaram-se duas vezes, ambas pela Série B do ano de 2016. Foram dois empates por um gol. No turno inicial da competição, o Oeste dominou amplamente as ações, mas esbarrou em um inspirado Eduardo Martini. No jogo do Bento Freitas, o Brasil atrapalhou-se com o posicionamento ofensivo da equipe paulista e cedeu o empate próximo ao final do embate.

Mas o rubro-negro da Baixada já enfrentou um time sediado em Barueri. Foram dois confrontos que aconteceram no ano de 2006 e que valeram pela Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro daquele ano. O time que enfrentou o Xavante foi o Grêmio Barueri, entidade futebolística criada em 1989, que profissionalizou-se em 2001, e que teve uma ascensão meteórica no cenário esportivo nacional, chegando ao Brasileirão da Série A no ano de 2009.

Em 2006, o Barueri conseguiu dois acessos históricos, conquistando vaga na principal divisão do futebol paulista para o ano seguinte e, ao mesmo tempo, disputou pela primeira vez um campeonato nacional, a Série C, obtendo vaga na Série B do Brasileirão com o quarto lugar na Terceira Divisão nacional.

Na Série C de 2006, o Brasil voltava ao cenário nacional depois de três anos de ausência. O grupo ainda tinha vários jogadores que haviam conquistado a vaga no Gauchão de 2005, sob o comando de um certo Rogério Zimmermann. Com esta base o Xavante foi passando de fase e chegou ao Octogonal Final do campeonato.

Enquanto isso, o Barueri entrava embalado pelas sucessivas boas campanhas obtidas desde 2001, que renderam seis acessos de divisão. E, aproveitando-se deste momento, foi galgando degraus e também chegou à fase final do certame nacional.

Antes dos dois confrontos entre Brasil e Grêmio Barueri a diferença de campanha entre as equipes foi mínima, pois o Xavante fez 36 pontos nas três primeiras fases da Série C e o Barueri fez um ponto a mais. Assim, ambos esperavam boas campanhas na fase decisiva do certame, mas para uma das partes esta expectativa não se confirmou. Infelizmente, o Brasil decepcionou e acabou na sétima colocação do Octogonal Final.

Já o Barueri fez uma boa campanha, conquistando o quarto lugar da competição e ficando dez pontos à frente do Brasil. Esta superioridade se fez notar nos dois confrontos diretos entre os dois times, que acabaram com triunfos dos paulistas, 0x1, no Bento Freitas, em jogo realizado no dia 15 de outubro de 2016. No returno da fase final, o Barueri voltou a vencer e goleou o Xavante, 5×2. Detalhe curioso é que esta partida não aconteceu em Barueri, mas sim na cidade de São Paulo, mais exatamente no Parque Antárctica, antigo estádio do Palmeiras.

Deixe seu comentário